TAC AU TAC (Olho por Olho)



É um prazer descobrir grandes relíquias ou tesouros na internet. Para quem curti ilustração é maravilhoso descobrir um programa francês como da ORTF chamada “TAC AU TAC” (Olho por Olho), que trouxe em 1960 um programa inovador e diferente de tudo o que já vi. Assistir ilustradores e cartunistas desenvolvendo com habilidade personagens ou situações propostas pelo diretor do programa. Parecia ser estranho oferecer ao público um programa que mostrava os artistas desenhando no ar, mas ninguém tinha pensado em transformá-lo em um jogo, uma competição entre artistas, assim, surgiu o programa “TAC AU TAC”.

Ponto de observação.
Cada episódio colocava frente a frente (ou Olho por Olho) um grupo de cartunistas, desde os mais famosos até os desconhecidos do público, para participarem de jogos totalmente improvisados. O programa levava horas para ser gravado, mas durava apenas cerca de 13 minutos. Uma edição ágil acompanhado pela narração do diretor (um escritor experiente), complementando o trabalho dos artistas e informando o espectador sobre as realizações dos convidados, descrevia o traço caracteristicos de cada um. Alguns participantes mais regulares era Claire Bretécher, Cardon, Franguim, Gebe, Marcel Gotlib, Piem, Peyo Morris e Rob, onde todos os trabalhos produzidos foram publicados com grande sucesso.

O programa “TAC AU TAC” ficou por 6 anos no ar, última transmissão foi em 1975 com os artistas Cardon, Gourmelin e Forest.

Jean Giraud (Moebius), Joe Kubert & Neal Adams – Tac au tac (30-9-1972)


Um estudo sem cenário, uma mesa e uma placa foram suficientes para os desenhos não perderem destaque. Em cada transmição um jogo destina-se, em muitos casos, o estilo praticado pelos surrealistas no início do século XX como um "cadáver esquisito". Um participante improvisa sobre um tema e o outro continua, mas vendo apenas uma parte.

Ao longo do tempo o programa passou de preto e branco para a cores, e novos artistas  se juntaram ao elenco. Forest, Bretécher, Moebius, Hugo Pratt Druillet formando uma nova geração que liderou o programa no ar. Ele também abriu a porta para outros países: o italiano Guido Crepax; o espanhol Esteban Maroto que também participou do programa  gravado em Nova York para acomodar artistas como Neal Adams e Joe Kubert.




Giraud (Moebius), Kubert & Adams -  (1972)




  Cardon, Gourmelin, Forest - (1975)

Forest, Druillet, Gigi, Franquin 

Hogarth, Buscema & Druillet - (1972) 

 

Isso é tudo pessoal!

Não se esqueça de compartilhar com seus amigos, se inscrever no blog, caso ainda não seja inscrito para não perder nenhuma outra resenha.   

 

Comentários

  1. Olá faço parte da agenda dos blogs e vim conhecer de pertinho o seu blog e gostei muito parabéns!!!!
    Já me inscrevi,quando puder me faça uma visitinha irei amar fica com Deus,sucesso!

    blogdajoalvesoficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sua visita, ficamos muito feliz que tenha gostado! Visitarei com o maior prazer o seu blog.
      bjos

      Excluir

Postar um comentário